Av. Diário de Notícias, 200 - Barra Shopping Sul
Coleta, transporte e armazenamento de amostras biológicas
30 de novembro

INSCREVA-SE AGORA

Coleta, transporte e armazenamento de amostras biológicas

Coleta de sangue: o primeiro passo para prevenção e tratamento

O curso de coleta, transporte e armazenamento de amostras biológicas visa aprimorar o conhecimento do profissional da área da saúde nos critérios pré-analíticos de biossegurança e boas práticas de laboratório. Permite a capacitação na prática de coleta venosa, assim como o aperfeiçoamento da triagem, armazenamento e transporte adequado de amostras.


Descrição

A coleta de sangue é amplamente praticada e tem valor inestimável para o diagnóstico e tratamento de vários processos patológicos. Sendo que os resultados do diagnóstico laboratorial influenciam diretamente a qualidade de vida do paciente.

Os avanços em tecnologia de instrumentos e o investimento em automação simplificaram os processos no diagnóstico laboratorial, melhorando a qualidade dos resultados. Porém, a grande questão enfrentada hoje é que cerca de 70% do total de erros que afetam os resultados dos testes laboratoriais ocorre na fase pré-analítica. Isso se deve principalmente à dificuldade em obter procedimentos padronizados para a coleta de amostras.

Compreende-se por fase pré-analítica todos os processos a partir do momento em que um médico solicita o exame até que a amostra seja enviada para análise no laboratório. Inclui então a indicação do exame, instruções de preparo do paciente, procedimentos de coleta de sangue, armazenamento, preservação e transporte da amostra.  As boas práticas e sistematização da fase pré-analítica, principalmente no processo de coleta da amostra, evitam uma série de erros, retrabalhos e desperdícios de amostras e de reagentes, evitando danos aos pacientes e também ao laboratório.

Além disso, os critérios pré-analíticos como jejum para alguns tipos de exames, evitam a interferência na composição dos elementos do sangue. Atualmente se tem debatido muito sobre a necessidade de jejum antes da realização dos exames laboratoriais. Este assunto é de grande discussão no setor devido ao seu impacto nos resultados dos exames laboratoriais e na segurança do paciente. Hoje em dia o jejum não é necessário para a maioria dos exames de sangue. No entanto, é recomendado que sejam feitas apenas refeições leves antes de realizá-los. Sendo assim na rotina laboratorial a maioria dos exames de sangue exige, no mínimo, o jejum de 3-4h.

 

A quem se destina

Graduandos, pós-graduandos e profissionais de cursos da área da saúde e biológicas e alunos de cursos técnicos na área da saúde.

Como funciona

Em um primeiro momento, o curso terá uma explanação teórica sobre coleta de sangue, reconhecimento de materiais e dinâmica de coleta, transporte e armazenamento de amostras. Num segundo momento será realizada a prática de coleta em braço artificial para identificação anatômica, seguida de prática de coleta entre os alunos.


 

Estratégias práticas

A atividade prática constará da identificação anatômica e coleta em braço artificial com liquido simulando sangue. Nesse momento o aluno tomará conhecimentos dos materiais utilizados e do posicionamento do paciente na coleta. Na segunda parte os alunos realizarão coletas de sangue entre eles, certificando-se que o aluno a ser coletado concorde em se voluntariar para a atividade.

 

Coordenadoras

Dra. Cláudia Funchal

Farmacêutica Bioquímica (Universidade Católica de Pelotas - 1998), Mestre (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - 2002), Doutora Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2005) e Pós - doutora em Ciências Biológicas: Bioquímica Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006).

Dra. Juliane Rossato

Biomédica graduada pela Feevale (2006), especialista em Biologia e Genética Forense pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2007), Mestre em Ciências do Movimento Humano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2009) e Doutora em Ciências da Saúde: Cardiologia e Ciências Cardiovasculares pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2017).

Organizadores

NESQV e UC SOCERGS


 

Conteúdo Programático

Dia 1

Manhã

09h00 / 09h40 – Biossegurança e boas práticas laboratoriais
09h40 / 10h20 – Etapas analíticas de um exame laboratorial
10h20 / 10h40 – Intervalo
10h40 / 11h20 – Coleta de amostras biológicas
11h20 / 12h00 – Punção capilar e arterial
12h00 / 13h00 – Almoço

 

Tarde

13h00 / 13h40 – Punção venosa (seringa e vácuo)
13h40 / 14h20 – Identificação dos matérias de coleta
14h20 / 15h00 – Separação, triagem, transporte e armazenamento de amostras.
15h00 / 15h20 – Intervalo
15h20 / 16h20 – Prática de coleta de sangue em braço artificial
16h20 / 17h20 – Prática de coleta de sangue
17h20 / 18h00 – Dúvidas e encerramento do curso


 

Benefícios

O aluno sairá capacitado a atuar profissionalmente na coleta de sangue, demonstrando conhecimento sobre a fase pré-analítica embasada em preceitos de biossegurança e boas práticas laboratoriais. Assim como, ocorrerá o aperfeiçoamento de profissionais da saúde quanto a adequação do transporte e armazenamento de amostras biológicas.

 

Dinâmica

  • Aulas com data show
  • Identificação de materiais de coleta
  • Simulação de coleta de sangue em braço artificial
  • Coleta de sangue em voluntários.

 

Formas de pagamento

  • Boleto Bancário;
  • Cartões de Crédito;
  • Cartões de Débito.

Importante saber

  • Estacionamento no Barra Shopping Sul
    Diária fixa: R$ 12,00
  • Certificação emitida pela SOCERGS

Investimento

VALOR POR ALUNO R$ 200,00

Sócio SBC/SOCERGS receberá 25% de desconto.

Conheça as vantagens de ser um Sócio SBC:

ASSOCIE-SE: CLIQUE AQUI

Fale conosco
Obrigatório
E-mail inválido
Obrigatório
Obrigatório

Há campos com informação inválida.

Erro.
A mensagem não foi enviada.

Sua mensagem foi enviada.
Aguarde nosso contato.

Desenvolvido por msmidia.com e Nakked